sexta-feira, 28 de setembro de 2012

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Acusado de exploração sexual de crianças e adolescentes é preso em Almeirim

Acusado de exploração sexual de crianças e adolescentes é preso em Almeirim


João Maria Nascimento Sena, 51 anos, foi preso no município de Almeirim, no Baixo Amazonas, sob a acusação dos crimes de favorecimento a prostituição, exploração sexual, rufianismo e mediação para  lascívia de outrem. A prisão ocorreu no último dia 20, em cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça. Na ocasião, também foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão da operação Calcanhar de Aquiles. Os  locais da busca e apreensão eram dois bares frequentados por menores , os dois motéis da cidade e a casa do acusado.Conhecido como “João Gato, João Maria foi preso em sua residência. Segundo a delegada Adriana Magno, titular da delegacia de Almeirim, ele não apresentou resistência. “João Gato foi preso na casa onde morava com três filhos, todos menores de idade. O local também era usado para a realização dos programas. Ele também utilizava os filhos no negócio que administrava, conforme varias adolescente e crianças ouvidas durante a investigações, que detalharam como o acusado agia captando clientes e aliciando menores para fins de exploração sexual”, conta a delegada.A prisão do pedófilo foi resultado de uma investigação iniciada em julho de 2012 através de uma denúncia do conselho tutelar do município na qual a policia civil intensificou a investigação e alcançou cinco pontos de prostituição no município. A delegada então representou requerendo busca e apreensão nos cinco locais e pela prisão preventiva de João Maria de Nascimento, de 51 anos,  o que foi deferido pelo juiz da comarca Dr. Márcio Bittencourt, no dia 20 de setembro de 2012.Com o acusado foram encontrados e aprendidos preservativos que eram oferecidos ao clientes antes de fazer os programas e anti-concepcional administrados as menores. Foi identificado um quarto( sub humano) com dois compartimentos,  nos fundos da casa onde este residia e era alugado por  R$ 20,00 por programa.“Também foi apreendido o celular do acusado onde pode-se visualizar em seus arquivos fotos obscenas e com menores praticando sexo e em posições sexuais e em atos libidinosos e ainda mensagens de cujo íntimo com menores. O acusado apesar de todos os indícios negou as acusações apenas confirmando que alugava o quarto para casais passarem a noite”, detalha a delegada.Os demais locais onde se realizaram as busca e apreensão também apresentaram indícios da prática dos ilícitos penais do art. 227( mediação para lascívia de outrem), art. 228( favorecimento a prostituição), art. 229 (exploração sexual) e art. 230 (rufianismo) todos do C.P.B com apreensão de material pornográfico, preservativo, entre outros meios que incitam a lascívia.O trabalho de repressão e investigação da policia civil e militar com o conselho tutelar do município continua e conta com o apoio incondicional da população que esperava o fim da atividade praticada pelo acusado que ameaçava os vizinhos e conhecidos para seu "negocio" sem ser incomodado. O combate a pedofilia e a todo tipo de exploração sexual é prioridade para a policia. Os procedimentos seguem determinação da superintendência regional do baixo e médio Amazonas dirigido pelo delegado Gilberto Aguiar.


domingo, 23 de setembro de 2012

Preso Acusado De Abusar Sexualmente De Crianças Em Monte Dourado


A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira, 18, um homem suspeito de ser um maníaco sexual, acusado de abusar
sexualmente de, pelo menos, três crianças, no Distrito de Monte Dourado, no município de Almeirim, noroeste do
Pará. O preso é Valmir Corrêa Tavares, de apelido “Pacú”. Uma das vítimas, uma criança de nove anos, teve o
caso denunciado à Delegacia do Distrito. A denúncia feita pelo pai da vítima, no início deste mês, foi de que
a filha havia sido molestada sexualmente pelo acusado. A partir de então, as investigações foram iniciadas pela
equipe comandada pelo delegado de Monte Dourado, Thomaz Lesbaupin.
Diante das provas colhidas, o delegado representou pela prisão preventiva do acusado com base no crime
previsto no artigo 217-A, do Código Penal (estupro de vulnerável). A Promotoria de Justiça de Monte Dourado
manifestou-se favorável à decretação da prisão do acusado. Ontem, 17, o juiz titular da Comarca de
Almeirim, Márcio Teixeira Bittencourt, expediu o mandado de prisão preventiva em desfavor de Valmir Corrêa
Tavares.
De posse da ordem judicial, a equipe da Polícia Civil passou a procurar o acusado que foi encontrado em sua
casa, na Rua 93, na Vila Staff, zona rural do município. Conduzido para a Delegacia de Monte Dourado, o acusado
está recolhido em uma das celas à disposição da Comarca de Almeirim. Segundo o delegado, o cumprimento da
prisão preventiva do acusado não encerra as investigações. "Vamos, juntamente com o Conselho Tutelar de
Almeirim, prosseguir as investigações com o objetivo de apurar a multiplicidade de vítimas", asseverou, ressaltando
que uma terceira vítima apareceu na Delegacia para incriminar o acusado. Valmir vai responder por estupro de
vulnerável, que é o crime de ter conjunção carnal ou praticar outro tipo de ato libidinoso contra pessoa com
menos de 14 anos de idade. A pena é de reclusão que varia de 8 a 15 anos.


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Polícia Militar

PM DE ALMEIRIM-PA APREENDE, ALÉM DE OUTROS PRODUTOS. 20.000 CARTEIRA DE CIGARRO CONTRABANDEADO.

       No ultimo dia 18(terça-feira), a POLÍCIA MILITAR em parceiria com a POLÍCIA CIVÍL, realizou uma operação bem sucedida, em Almeirim oeste do Pará.
       Após investigação as forças policiais de almeirim, chegaram a enbarcação"IMACULADA CONCEIÇÃO", de propiedade de: JOÃO FARIAS, que saiu de Abaitetuba, com destino a Almeirim. Na abordagem, constatou-se que o mesmo transportava e comercilizava mercadoria irregular. Na busca a G.U, composta pelos pms: CB PM AMARAL, SD D OLIVEIRA E SD CARLOS, deparou-se com grande quantidade de cigarro contrabandeado, além de produtos alimenticíos armazenados de de forma irregular e sem nota fiscal.
      O proprietário da embarcação foi preso em flagrante e a mercadoria irregular foi apreendida e apresetada na delegacia de polícia civíl.

domingo, 12 de agosto de 2012

Operação Perseu: treze são presos por tráfico em Almeirim

Policiais Civis de Almeirim, nordeste paraense, efetuaram 13 prisões e cinco apreensões como resultado da operação 'Perseu', ação montada com apoio do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil de Santarém para cumprimento de 15 mandados de prisão e cinco de busca e apreensão contra acusados de tráfico de drogas. Entorpecentes, dinheiro, mídia pirata e veículos foram apreendidos.
A primeira busca foi na residência de Pedro A. de S. F., conhecido como 'Pedrinho do Açougue', e da companheira dele, Oziléia A.A., a 'Rosa', no centro do município. Lá foram apreendidas ferramentas, armas brancas, a quantia de R$ 1.089,00, além de 24 trouxas de maconha, um veículo Courier preto e seis motos.







Os outros presos foram Manoel R. da S. J., o 'Duquinha', e Edileusa V. M. Com eles uma grande quantidade de material foi apreendido, entre eles 71 mídias piratas, entre CDs e DVDs, e celulares. Todo material estava na casa de Manoel.
A terceira busca foi em outra residência para cumprimento de mais uma prisão preventiva; de Janari  S. da S., vulgo 'Janari'.
Na quarta busca foram encontrados e apreendidos mais uma motocicleta e a quantia de R$ 860,00. No mesmo local foi dado cumprimento a mais prisões preventivas, de Rosivá S. da S; além de Waldecy da S. A, o 'Val', e sua companheira, Gracilene F., a 'Valquíria'.
O restante dos presos são Francisco G. L. F., o 'Kiko'; Rilton de J. dos S. P., o 'Querido'; Isaac F. de S.; Valdecir F. dos S. , o 'Simona'; e Jaiones A. dos S.
Todos os presos foram levados para a delegacia der Almerim. Pedro A. de S. F. e Ozileia A. A. foram autuados por tráfico, fabricação de entorpecente, associação ao tráfico e financiamento ao tráfico. Já os demais responderão por tráfico e associação ao tráfico.